Beleza Assassina

A pimeira vez que vi este livro, foi na prateleira de um Hipermercado, e detestei a capa...
Mas, após ter lido o resumo da história umas duas ou três vezes, fiquei bastante interessada até que o decidi comprar uns dias mais tarde.

Depois de dez anos no encalço da serial killer Gretchen Lowell, o detective Archie Sheridan é raptado e torturado durante dez dias. Mas no final ela decide misteriosamente libertá-lo e entregar-se.
Gretchen é condenada a prisão perpétua e Archie fica condenado ao vício de vários medicamentos sem esquecer aqueles dias de tortura.
Quando outro assassino começa a raptar e a assassinar raparigas adolescentes, Archie é convidado a liderar a equipa que vai investigar estes crimes.
Esta nova investigação dará inicio a um triangulo arrepiante entre Archie, o novo assassino e... Gretchen.

Todas as descrições dos momentos de tortura são verdadeiramente arrepiantes e parecem que duram durante horas e por vários meses, apesar de na história terem sido apenas por alguns dias.
Achei um enredo bastante bom que se desenrola de forma interessante alternando a perspectiva dos detectives, as conversas de Gretchen com Archie, e as memórias que ambos recordam dos dias de tortura e da paixão e dependência que ambas as personagens parecem desenvolver.

Recomendo a quem goste do género, é mais um livro que nos reporta para uma espécie de série policial da qual parece que fazemos parte e queremos ajudar a desvendar o assassino.

E apesar de as capas dos livros poderem ser um bom indício do que podemos encontrar lá dentro, este foi um bom exemplo de que não devemos julgar um livro pela sua capa.

5 - Muito Bom!

Aqui fica também uma outra crítica a este livro: http://leitura-constante.blogspot.com/2009/03/beleza-assassina-de-chelsea-cain.html

2 comentários:

crème fraîche disse...

ah bom, já não era sem tempo! =D

Miar à chuva disse...

Também gostei bastante deste livro.
Mas espero que publiquem o resto da série.
Seria uma pena se nao o fizessem!
Continuação de boas leituras
Sandra do blog Vidas Desfolhadas